Waleska Roque Design de Interiores
Design de Interiores

Como remover manchas de tecidos

TIRAR MANCHAS DE TECIDOS
Ao usar qualquer solução para tirar manchas de roupas ou tecidos, convém fazer antes um teste numa pontinha mais escondida da roupa para ver o resultado , se o tecido desbotar, depois de usado o produto, ou tirada a mancha, é só lavar o ponto atingido com uma mistura de duas partes de água e uma de vinagre.
Ao limpar a mancha de um tecido, procure estender a parte manchada sobre uma mata-borrão ou um outro tecido para que o líquido empregado na limpeza não se espalhe muito. Se ficou um círculo em volta da mancha já tratada, convém estender esta parte esticada sobre o vapor de água fervendo; isto é ótimo. Após o uso de amoníaco ou de outro ácido para eliminar uma mancha, é necessário lavar bem a mancha, logo em seguida à operação.

COMO RETIRAR ALGUMAS MANCHAS
Todos os tecidos aqui não especificados são de cor branca ou de cores firmes. Antes de usar qualquer produto tira-manchas use primeiramente sobre o local um pouco de sal umedecido; isso facilitará sua remoção.
 
BEBIDAS ALCOÓLICAS
De um modo geral, essas manchas saem esfregando-se com éter. Depois enxaguar com água.
 
BOLOR
Ferver o tecido manchado numa água contendo um pedaço de couro de bacalhau; ou então, usar a própria água em que se ferveu o bacalhau. Tambem desaparece aplicando uma mistura de 1 parte de amoníaco para 16 de água.
 
CAFÉ
Se for café derramado na hora, nada melhor do que lavar imediatamente com água bem quente ou fervendo. As manchas antigas são removidas usando um pano molhado em glicerina, deixando ficar por meia hora. Em seguida, lavar com água quente e sabão. Enxaguar com água pura. Pode-se também esfregar uma pedra de gelo pacientemente sobre a mancha, até ela sumir; se possível, colocar antes, por debaixo da mancha, um paninho para absorver o líquido. As manchas de café também desaparecem esfregando-se sobre elas um pano embebido numa mistura de álcool e vinagre branco. Depois é só deixar secar. Em tecidos de cor : Dissolver 1 gema de ovo em um pouco de água morna, juntar 1 colher (chá) de álcool 90 graus; embeber um pano ou algodão nessa mistura e ir esfregando na mancha até desaparecer.
 
EM TECIDAS DE LÃ
Desaparecem depois de friccionadas com um pouco de glicerina. Logo a seguir com lavar com água morna. Se não tiver glicerina insista na água morna.
 
EM TECIDOS DE SEDA DE COR FIRME
Usar um paninho ou algodão embebido em água oxigenada. Em tecidos de cores nã0-firmes : Usar apenas álcool metílico e sabão; em seguida lavar com água fria. Para tirar manchas de café, chá e chocolate, lavar com água bem quente e fortemente salgada.
 
CAFÉ COM LEITE
Lavar com água e sabão; se não sair, água oxigenada ou tetracloreto de carbono. Poderá ainda esfregar ligeiramente com benzina.
 
CAL
A cal deve ser tirada imediatamente para evitar que queime o tecido. Para tirar a mancha usar água e sabão. Aplicar um pouco de vinagre branco ou suco de limão; em seguida, lavar com bastante água.
 
CARVÃO
Tira-se essa mancha esfregando-a com miolo de pão fresco.
 
CERA
Tirar primeiramente o grosso com uma lâmina; colocar então o tecido entre dois mata-borrões, passando o ferro quente por cima, mudando de vez em quando de lugar, até que a mancha seja absorvida. Passe então um pouco de benzina.

Se a cera for colorida remova todos os halos formados por ela com um algodão embebido na mistura de 1 colher (sopa) de água. Depois, enxague em água fria.

CERVEJA
Esticar bem a parte manchada sobre uma vasilha funda e despejar água fervendo em cima, de forma que atravesse o tecido.
Depois, é só esfregar um pouco de glicerina e enxaguar com água morna.
 
CHÁ
Essas manchas podem ser tiradas de várias maneiras:

1- Usar água morna e sabão.
2- Mergulhar a parte manchada em água quente com água sanitária.
3- Aplicar um pouco de glicerina nas manchas antes da roupa ser lavada normalmente.
4- Usar água oxigenada.

Por mais rebeldes que elas sejam irão desaparecer aplicando-se uma mistura em partes iguais de gema de ovo e glicerina.
Deixar secar e depois lavar com água fria e sabão de côco.

CHICLETE
É fácil retirar o chiclete da roupa esfregando-se pacientemente uma pedra de gelo - do lado do avesso no mesmo lugar onde o chiclete estiver grudado.
 
CHOCOLATE
Lavar o local com água quente e sabão; insistir.
Pode-se também usar os mesmos processos de CERVEJA ou CAFÉ, principalmente usar o gelo.
Em alguns casos, usar água oxigenada.
Essa mancha desaparece polvilhando o local com bórax em pó e umedecendo por cima com água fria, deixando ficar assim por 15 minutos.
Depois, esfregar suavemente até sumir a mancha. Lavar então com água.
Em tecidos de lã (algodão também), aplicar um pouco de glicerina e ir esfregando com um algodão.
Em seguida, pegar outro algodão e esfregar com água morna para retirar a glicerina.
 
COLA
Ela se dissolverá facilmente se o lugar manchado ficar de molho por algum tempo - em água fria ou quente.
 
DOCES E CALDAS
Para se tirar essas manchas lavar apenas com água quente.
 
ESMALTES DE UNHAS
Usar acetona ou removedor de esmalte.
Pode-se tirar também usando acetato de amilo (tem em farmácias).
O "óleo de banana" tira mancha de esmalte de qualquer tecido.
Se o tecido for fino, usar água oxigenada e depois água e sabão.
 
FERRUGEM
Pode escolher qualquer dos seguintes processos:

1 - Aplicar no local sal e suco de limão, expondo o tecido ao sol.
2 - Esfregar leite azedo.
3 - Cortar um limão ao meio, colocar o local da mancha sobre o limão e passar o ferro quente sobre a mancha. Lavar em seguida.
4 - Passar sobre elas uma mistura de suco de limão e 1 colherinha de bicarbonato.
5 - Esfregar no local cremor de tártaro, deixando agir ali por 2 horas. Depois, lavar com água. Repetir se necessário a operação.

Ou fazer a seguinte mistura: para cada 8 partes de água 1 de ácido oxálico e 1 de suco de limão.
Aplicar sobre a mancha. Em seguida, colocar a parte manchada sobre um recipiente alto contendo água fervendo, esticar bem o tecido para que ela receba este vapor. A mancha vai desaparecer logo. Lavar com água e sabão.

FLORES
Usar a mistura de álcool com amoníaco.
 
FRUTAS
De um modo geral as manchas de qualquer fruta (em qualquer tipo de tecido) podem ser removidas da seguinte maneira:
primeiro passar uma esponja embebida em água fria e pura; em seguida, esfregar a mancha com glicerina deixando ficar assim por algumas horas. Umedeça o local com algumas gotas de vinagre branco, deixando também ficar por alguns minutos. Finalmente, enxaguar com água pura e fria.

Manchas recentes: Ponha imediatamente sobre elas um pouco de sal, antes que sequem. Depois, estique a parte manchada sobre uma vasilha funda, esticando bem o tecido, e derrame água fervendo na qual se acrescentou 1 colher (sopa) de amoníaco ou de álcool, deixando o líquido atravessar o tecido. Enxaguar em água pura fria. Poderá ainda usar leite azedo, suco de limão fresco ou vinagre branco forte.

Manchas antigas: Quando uma nódoa ficar no tecido (e as antigas são difíceis de sair) faça o seguinte para removê-las: molhe o tecido em água pura e torça-o bem. Pegue uma pedra de enxofre e coloque-a sobre uma brasa; estenda o lugar manchado do tecido um pouco acima dessa pedra, de maneira que a mancha receba a fumaça. Espere alguns minutos. Verá como em pouco tempo a mancha desaparecerá. Em seguida, lave normalmente. Este sistema faz desaparecer qualquer mancha de frutas. Em qualquer tecido.

As manchas em tecido de seda se tiram com água boricada. Também é possível tirá-las lavando-se com água morna e bórax.

Manchas de frutas gordurosas (Por exemplo, o abacate): Aplicar água quente e sabão em pó. Renovar a operação quantas vezes forem necessárias até que desapareçam por completo.

Manchas de frutas vermelhas: Depois de bem lavadas deixar de molho em espuma de sabão fria com água sanitária; se a mancha resistir , lave com a solução de vinagre e álcool em partes iguais.

Manchas de algumas frutas:

Ameixa:
Molhar na hora com água e, imediatamente depois, colocar amido em pó, deixando ficar por muito tempo, até secar bem. Depois, tirar com escova.
 
Banana:
Quando a mancha for recente, basta esfregar um pouco de querosene. Essa mancha também se tira colocando sobre uma papinha feita de água e bicarbonato; em seguida, expor o tecido ao sol, tendo o cuidado de manter essa papinha sempre molhada.
 
Caju:
Usar o segundo processo da banana.
 
Caqui:
Desaparece com solução de 5 gotas de ácido sulfúrico (cuidado que é venenoso) em ½ copo de água. Molhar um pano nesta solução e esfregar na mancha. Depois, enxaguar muito bem o lugar.
 
Jabuticaba:
Para se tirar essa mancha é preciso esfregar sobre ela um pano embebido em água oxigenada. Então, enxaguar com água pura.
 
Limão:
Se algumas gotas de limão desbotarem uma roupa de cor, umedeça o local com água amoníaco; ou então mantenha por alguns instantes a parte desbotada sobre uma garrafa de amoníaco aberta; a mancha vai logo desaparecer, porque voltará a cor do tecido.
 
Pêssego:
Usar o mesmo processo do caqui.
 
Tomate:
Usar o mesmo processo da ameixa.
 
Uvas:
Usar o mesmo processo da jabuticaba.

Quase todas as manchas saem se agirmos imediatamente - molhando o local com água e colocando por cima amido em pó. É preciso deixar ficar por muitas horas, ou até que esteja bem seco. Retirar o pó com uma escova e lavar com água e sabão.

Muito bom também para tirar manchas de frutas é usar "goma de caixa" (tem em farmácias); pulverizar bem o local com a goma, deixando ficar por muitas horas. Depois, retirar com uma escova.

GORDURAS - ÓLEO - AZEITE
Se o tecido poder ser lavado na hora, lave-o com água quente e detergente.

De um modo geral, essas saem com benzina, elas saem facilmente embebendo-se uma escova de roupa na mistura de água e amoníaco e passando sobre a mancha.
Em seguida repetir a operação - desta vez embebendo a escova na solução de água e vinagre.

Se quiser tentar, passe apenas amoníaco sobre a parte afetada e, logo em seguida, lave com água morna.

Um ótimo processo é esfregar, sem perda de tempo, um pedaço de cebola, colocando um pano por baixo da mancha.
Em seguida, lavar com água fria.

Mas, se não for possível usar os meios citados, na mesma hora em que a gordura cair no tecido, coloque bastante talco sobre a mancha, deixando por muitas horas.
Escove e esfregue com um pano limpo embebido em água quente.

Se o tecido manchado de gordura for muito delicado aplique sobre uma mancha uma pasta feita de magnésia e benzina, deixando ficar por muitas horas ou até que a pasta esteja seca. Depois, escovar.

Saiba que o éter, a benzina, a gasolina e o querosene são ótimos removedores de gorduras.

Mas, para sua tranquilidade, o melhor mesmo é ter em casa um preparado para tirar manchas na hora H.
Então, aqui vão duas receitas:

1 - Dissolver uma barra de sabão em amônia líquida, o suficiente para tomar a consistência de xarope. Guardar em vidro bem fechado. Simples, não?

2 - Misturar 4 colheres (sopa) de vinagre branco; 4 colheres (sopa) de álcool retificado e uma colher (sopa) de sal de cozinha. Também guardar em vidro bem fechado.

Esses preparados limpam a roupa num instante.

Manchas de gordura em cetim se limpam colocando por baixo delas um mata-borrão e por cima, isto é, sobre a mancha, ir pingando aos poucos umas gotas de amoníaco.
Conserve o tecido sobre o mata-borrão, aguardando algum tempo, até que esteja seco. Ainda com o mata-borrão por baixo, passe o local a ferro.

Nas manchas dos tecidos de seda coloca-se o pó de magnésia sobre a mancha, deixando ficar por muito tempo, ou até que esteja bem seco (antes de colocar o pó, deve-se molhar o local com um pouco de água morna).

Nos tecidos de veludos as manchas são eliminadas usando essência de terebintina ou espírito.

Se tiver facilidade pode colocar sobre as manchas de gordura areia quente (de rio) e ao mesmo tempo ir esfregando com uma escova, repetindo a operação por muitas vezes, até que a mancha desapareça completamente.

Manchas de manteiga, ver MANTEIGA.

GRAXA
Primeiro retire o excesso com uma lâmina; em seguida, passe benzina.
 
GRAXA DE SAPATO
Tricloretileno; se a mancha persistir, usar água sanitária com água oxigenada.

Os processos usados para cera também dão resultado.

INSETOS
Diluir a mancha com água fria ou morna; em seguida com amoníaco e água pura.
 
IODO
Embeber um pano em água ou leite, ou deixar o tecido de molho em leite fervendo, deixando aí repousar até que o leite esfrie; em seguida, lavar com água e sabão. Este processo serve para todos os tecidos.

Pode-se também umedecer o local com amoníaco, ou uma solução de hipossulfito de sódio.

Muito fácil é tirar essas manchas aplicando um pouco de agua com bicarbonato de sódio.

Outra boa maneira é colocar sobre a mancha um pouco de talco ou polvilho, ou ainda farinha de trigo, deixando ficar por muito tempo. Depois, lavar com água e limão.

LAMA
Usar primeiro água fria; depois, enxaguar rapidamente com água avinagrada.

Se a lama for sobre um impermeável, misturar água quente e vinagre, em partes iguais, e esfregar no lugar manchado.

Se a lama for em tecido escuro, esperar que ela seque, para então escovar com uma escova áspera. Se ainda assim restar algum vestígio da mancha, esfregar uma batata crua cortada ao meio, ate que ela desapareça completamente.

LEGUMES
Essas manchas são difíceis de sair, mas se o tecido for branco (ou de cor extra firme), usar água sanitária pura ou água oxigenada. Tome cuidado em tocar apenas rapidamente no local, para que a água sanitária não corte o tecido. Imediatamente depois, lavar com água pura até a mancha sumir.
 
LEITE
Para essas manchas esfregar terebintina e éter. Depois, lavar com água pura.

Nos tecidos de seda elas removidas esfregando-as com um algodão embebido em essência de baunilha (a legítima).

LICORES
Quando essas manchas são recentes saem com água fria. Se elas resistirem, use a solução de água fria e álcool em partes iguais. Em seguida, esfregar algumas gotas de glicerina, deixando ficar mais ou menos por meia hora. Então, enxaguar.
 
MANTEIGA
Nos tecidos brancos, passar uma escovinha impregnada de benzina; nos de cores, água morna e sabão.
 
MERCUROCROMO
Para sua total remoção deve friccionar a parte manchada com um algodão embebido em água oxigenada ou água sanitária, repetindo a operação até sair toda a mancha; mas, faça isso delicadamente, para não afetar o tecido.
 
MOFO
A água onde se cozinhou uma boa porção de folhas de pessegueiro é ótima para se tirar manchas de mofo.
A parte esverdeada que fica no tecido é retirada com água e sabão.
Se o tecido for lavável pode molhar bem com leite cru e deixar exposto ao sol.
Pode substituir o leite por limão (ver BOLOR).
Lavar depois com água e sabão e pendurar num cabide, ao sol.
Outro processo é enxaguar o local molhado (u o tecido), com 1 colher (sopa) de amoníaco para cada 2 litros de água; ou ferver 5 litros de água com 5g de amoníaco.
Também é bom esfregar as manchas com um pano molhado na seguinte solução: 5 colheres (sopa) de água oxigenada, 1 colher (sopa) de amônia e 20 colheres (sopa) de água.
Depois de mancha ter saído, lavar bem com água e sabão.
Algumas manchas de mofo que aparecem com pontinhos pretos são muito difíceis de sair; mas experimente deixar a peça de molho em água bem quente com sal, deixando ficar por muitas horas.Depois, lave normalmente.
Quando o mofo for avermelhado mergulha-se o tecido em água com um punhado de fubá. Leve ao fogo deixando ferver por algum tempo. Depois, enxague e exponha ao sol para coarar um pouco. Em seguida,enxague novamente e ponha para secar.
O mofo em roupa branca sai facilmente fervendo-a numa solução de 5 litros de água e 5g de amoníaco.
Em tecidos de cor basta mergulhar a parte afetada em leite fervendo, até desaparecer o mofo. Em seguida, lavar o local com água morna e vinagre branco.
Tecidos de tropical e lã, é preciso expô-los ao sol. Quando estiver bem quente, escovar com uma escovinha umedecida em álcool, no direito e no avesso. Em seguida, passar com ferro quente, protegendo o tecido com outro pano.
Ver também BOLOR logo acima.
 
MOSCAS
As manchas deixadas pelas moscas em cortinas, toalhas, etc. são removidas com água destilada misturada com álcool.
 
ÓLEO DE MÁQUINA
Passar no local um pano molhado na mistura de água com um pouquinho de amônia. Depois, passar água pura.
 
PICHE - ÓLEO - GRAXA DE AUTOMÓVEL
Se necessário, retirar o excesso com uma lâmina. Depois, esfregar gasolina, benzina, ou ainda terebintina retificada.
 
SANGUE
Nunca empregar água quente quando a mancha for recente ou para retirar o grosso da mancha for recente ou para retirar o grosso da mancha, pois isso a fixaria ainda mais, tornando difícil sua remoção. Ela deve ser retirada antes de secar. Lavar com água fria e sabão.
Se a mancha persistir, misture água fria com sal de cozinha e 5% de amônia.
Outro processo é empregar água oxigenada de 20 vols. Em seguida, enxaguar com água pura. Mas bom mesmo é esfregar uma pedrinha de gelo, até a mancha sumir.
Se a mancha for muito antiga e não sair com nenhum desses processos (o que duvidamos), use ácido tartárico ou um pouco de amoníaco na proporção de 1 colher (café) de amoníaco para cada 200 g de água.
 
SUOR
Deixar as roupas laváveis de molho numa solução forte de água salgada ou molhar forte de água salgada ou molhar o local atingido com uma solução de água com gotas de amoníaco.
Você não precisa lavar toda a roupa só para tirar a mancha de suor embaixo do braço; basta passar no local afetado um pano limpo embebido numa solução feita em partes iguais de álcool e amoníaco. Em seguida, limpar com água quente e deixar secar à sombra. Antes de passar a ferro o local que esteve manchado, proteja-o com um pano, que é para não amarelar.
 
TINTA DE CABELO (TINTURA)
Limpa-se com uma solução de hipossulfato de potássio. Mas, as manchas de tinta em geral se tiram com a seguinte solução: ácido nítrico e ácido oxálico em partes iguais.
 
TINTA DE CARIMBO
Tira-se essa mancha usando uma mistura de suco de limão e sal.
 
TINTA DE ESCREVER
Para remover essas manchas use leite frio ou sumo de limão fresco.
Se tiver o Líquido de Daken em casa, pode aproveitá-lo para tirar essas manchas mas, logo em seguida, lave com água e sabão.
As de tinta vermelha saem umedecendo o local com a solução de álcool e ácido nítrico.
 
TINTA ESFEROGRÁFICA
Basta esfregar a mancha com álcool puro ou álcool canforado.
Mas você pode entrar escondido no quarto de sua irmã, pegar o laquê (de cabelo) e borrifar sobre a mancha até ela sumir. Deixe secar. Se necessário pode repetir a operação até ela desaparecer.
Nos tecidos sintéticos usar um pouco de tricloretileno; mas antes de empregá-lo fazer um teste em um retalho de tecido.
TINTA DE MÁQUINA DE ESCREVER - MIMEÓGRAFO
As manchas destas tintas saem lavando a parte manchada em água morna onde de tenha colocado algumas gotas de amônia. Se a mancha persistir, coloque-a então nesta outra solução: ¼ litro de água morna e 1 colher (café) de ácido clorídrico. Deixe aí de molho por 15 minutos. Enxágue bem a roupa.
Se o tecido for de lã junte, a essa mesma solução, o ácido oxálico a 5% (cuidado que venenoso).
 
TINTA DE PAREDE
Deixar a mancha ficar de molho em aguarrás ou terebintina.
As tintas frescas também saem com querosene, gasolina ou benzina.
 
TINTA DE PAREDE A ÓLEO
Se a mancha for velha raspa-se primeiro com uma lâmina para tirar o grosso e, em seguida, coloca-se sobre ela um pouco de vaselina, para amolecer. Depois, aplica-se terebintina.
Se o tecido for fino, aplique álcool.
Nas manchas oleosas de cor diluir primeiro o óleo, e depois tratar com benzina; se a mancha persistir, deixar secar e passar ligeiramente o ácido acético puro.
Para as oleosas pretas, usar leite quente ou sumo de limão; ou, ainda, ácido cítrico.
 
VINHO
Esta mancha é muito frequente nas toalhas de mesa. Existem muito recursos para eliminá-la. Escolha o processo que achar melhor e use-o no momento do "desastre":
1 - Se a mancha for recente passe um algodão molhado em leite morno ou mergulhe o lugar da mancha em um pouco de leite morno, levemente adocicado.
Se ela não desaparecer com o leite, mergulhe a peça numa solução de água e ácido sulfúrico.
Pode-se também usar uma solução de ácido tartárico. Água morna com detergente de cozinha também resolve.
Numa emergência, polvilhar na hora com bastante sal, ou espremer suco de limão. Depois, lavar com água fria e sabão.
Pode substituir o sal por farinha de mandioca (farinha de mesa), ou polvilho, para chupar o grosso.
Também é boa uma mistura de 4 porções de água para 1 de ácido muriático.
Mas, se o vinho derramado for tinto e você tiver a mão vinho branco, pode esfregar com este a mancha do vinho tinto. O resultado será excelente. Em seguida, lavar com água e sabão.
 
MANCHAS DIFÍCEIS DE SAIR
Essas manchas, que parecem um bicho-de-sete-cabeças, se dissolvem facilmente, principalmente se o tecido for de cor clara. Basta aquecer um pouco de glicerina e, com uma esponja (ou pano) esfregar sobre a mancha, deixando descançar por 5 minutos. Lave depois com água fria contendo um pouquinho de álcool.
 
CONSELHO
Sempre que for tirar uma mancha (não quando lavada), aplicando ou esfregando os produtos tira-manchas indicados, coloque antes um pano seco do lado do avesso, bem embaixo do local da mancha para chupar o líquido, facilitando assim a sua retirada.
 
UMA SUGESTÃO
Se encontrar dificuldade para retirar uma mancha (não sendo gordura) por falta dos produtos recomendados, lance mão de uma pedra de gelo e esfregue pacientemente sobre ela; o gelo é um ótimo tira-manchas e, quem sabe, irá resolver seu problema.


Waleska Roque Todos os Direitos Reservados Waleska Roque - 2011 Criado por Rede Criativa